Úrsula – A história da bruxa da pequena sereia - Resenha


Autora: Serena Valentino
N° de Páginas: 176
Editora: Universo dos Livros

Sinopse: Toda história tem dois pontos de vista. De que lado você está? Descubra neste livro todos os segredos do passado de Úrsula. Desvende qual era o seu papel no reino de Tritão, o motivo de sua expulsão das dependências reais e, principalmente, como ela se transformou na temida Bruxa do Mar, que enfeitiçou a encantadora princesa Ariel. 






A história da Úrsula é o terceiro livro da saga “Vilões” e é muito triste, o livro é curtinho, mas a autora consegue desenvolver muito bem a história, você se apaixona pela vilã da “A pequena Sereia” e assim como os anteriores ele a confirmação de que toda história tem duas versões.

Úrsula tem muita raiva, mágoa e ódio em seu coração, sendo a segunda filha de Poseidon e irmã mais nova de Tritão. Ela foi abandonada ainda muita pequena pelo próprio irmão, os motivos são realmente muito fúteis, o que faz você ver que o real vilão não é ela.

Ela até então não sabia da sua origem, foi encontrada pelo seu pai adotivo flutuando pelo mar, criada com muito carinho e amor por ele, como podemos ver num trecho abaixo:

"Ele me chamava de sua bonequinha do mar e me criou como filha.Era isso o que eu era: sua filha.
Eu me despedia dele com um aceno todas as manhãs quando ele partia no barco de pesca e rezava aos deuses do mar para que os trouxessem de volta para mim em segurança, o que sempre faziam.
Ele era a única pessoa no mundo que realmente me amava.

Ele agradecia aos deuses do mar diariamente por terem me trazido para sua vida solitária, e eu os agradecia por terem-no trazido para a minha.’’
(Trecho da Pág. 33)

Mas ao perder seu pai, a única pessoa que verdadeiramente a amou, de uma forma horrível, sua identidade finalmente veio a ser revelada, assim como a história do seu passado, o que fez Úrsula encher seu coração de ódio e só pensar em se vingar de seu irmão.

Com o foco de se vingar de seu irmão, Úrsula pede ajuda há três bruxas para seu plano e usa sua sobrinha Ariel, filha mais nova de Tritão para conseguir sua doce vingança.


Tendo a Ariel como presa, Úrsula finalmente está muito próxima de obter excedo em seu plano, mas por não ser muita sincera com as suas três amigas bruxas, ela não consegue finalizá-lo.

O livro cita personagens dos livros anteriores da série: “A mais bela de todas – A história da Rainha Má” e de “A fera em mim” e assim como nos outros livros trás o lado da vilã de uma maneira muito intensa, mostrando sim uma vilã muito amargurada, vingativa e com muito rancor, mas mostra também alguém que perdeu uma pessoa muita querida (Perda que ela nunca superou) e que o verdadeiro vilão da história não foi ela.

Nenhum comentário