O ar que ele respira (Elementos #1) - Resenha


Devido a muitas indicações e a capa linda que me fez suspirar só de olhar eu comecei a leitura. Confesso que a escrita da Brittainy foi me cativando de forma tão natural que quando eu percebi já estava completamente envolvida e apaixonada. Ainda assim está difícil colocar em palavra todos os sentimentos que esse livro despertou em mim.

Após ter conhecido a autora pessoalmente, e também o modelo da capa do livro, fiquei ainda mais maravilhada. Amei poder ter tido o privilégio de conhece lá e ter os meus livros autografados.

A narrativa da autora é maravilhosa, nos mostrando o valor de perdoar, de amar, de ir além e superar os desafios da vida. A sensibilidade que tudo é descrito, nos ensinando que tudo tem uma lição.

Tristan Cole (Pluto), é um homem cujo passado é triste o tornando assim uma pessoa totalmente diferente do que era, muitos o evitam e tem medo de se aproximar, mesmo ele fisicamente sendo um homem de tirar o folego.

Elizabeth Bailey apos passar por uma terrível perda do seu marido se vê sem chão e totalmente sem rumo, só se mantendo em pé por sua filha.

“A pior parte de perder uma pessoa amada é que você também se perde”.
Sendo assim após querer um novo recomeço Elizabeth tem o seu caminho cruzado com Tristan. Mesmo após todos alertando para que ela fique longe dele ela continua tentando entende-lo, sendo uma mulher determinada e leal a mesma não se importa com a opinião dos outros.

Mesmo Tristan( Pluto) tentando afasta-la com suas atitudes tão rudes e extremamente grosseiras, com o decorrer dos fatos percebemos que tudo isso é apenas uma mascara e uma camada protetora contra a dor intensa que ele sente.

Os dois se envolvem de uma forma um tanto confusa no começo, tornando se extremamente intenso. Buscando consolo eles criam um vinculo, onde o amor, a paixão e aos poucos ambos vão conseguindo superar as dores do passado.
"Parecia um homem devastado, mas cada uma das cicatrizes de sua existência me atraía."
Seguindo de forma que os dois personagens narram o livro, você consegue assim ter uma visão abrangente de tudo que acontece, sendo assim, consegue sentir o que cada um dos personagens tem a te oferecer.

Com personagens secundários foram bem explorados tendo com eles uma revelação bombástica que nos faz desejar sempre a próxima pagina.
A leitura flui de forma incrível e quando notei já havia concluído.



A capa é maravilhosa, descreve perfeitamente o Pluto, a diagramação com letras em bom tamanho e espaçamento. Os tons em azul o tornam suave e doce, mesclando com as partes escuras onde definem a dor e aflição. Em minha opinião uma capa bem construída.


Espero que gostem, até a próxima.

Beijos.

Autora: Brittainy C. Cherry

N° de páginas: 308

Editora: Record


Sinopse:Como superar a dor de uma perda irreparável? Elizabeth está tentando seguir em frente. Depois da morte do marido e de ter passado um ano na casa da mãe, ela decide voltar a seu antigo lar e enfrentar as lembranças de seu casamento feliz com Steven. Porém, ao retornar à pequena Meadows Creek, ela se depara com um novo vizinho, Tristan Cole. Grosseiro, solitário, o olhar sempre agressivo e triste, ele parece fugir do passado. Mas Elizabeth logo descobre que, por trás do ser intratável, há um homem devastado pela morte das pessoas que mais amava. Elizabeth tenta se aproximar dele, mas Tristan tenta de todas as formas impedir que ela entre em sua vida. Em seu coração despedaçado parece não haver espaço para um novo começo. Ou talvez sim.

6 comentários