Não se enrola, não - Resenha

Autora: Isabela Freitas
Nº de Páginas: 224

Editora: Intrínseca



Sinopse: A vida de Isabela dá uma completa reviravolta depois do sucesso de seu blog, Garota em Preto e Branco. Decidida a perseguir seus sonhos, ela abandona o curso de direito, deixa a casa dos pais, em Juiz de Fora (MG), e se muda para São Paulo tão logo conquista um emprego numa badalada revista on-line. Enquanto se adapta aos novos tempos numa quitinete noBaixo Augusta, Isabela escreve seu primeiro livro.
Seria perfeito se no apartamento em frente não morasse o envolvente Pedro Miller e os dois não se embolassem regularmente sob o mesmo lençol. Não, não é namoro. Não, não é apenas amizade. É algo muito mais enrolado, um relacionamento sem um nome definido. Um “isso”, como diz a personagem. Embora não tenha coragem de confessar seus sentimentos, Isabela sabe que está perdidamente apaixonada pelo seu melhor amigo.

Compre na Amazon


Após Não se apega, não e a sequência, Não se iluda, não, Isabela Freitas mostra neste Não se enrola, não os primeiros passos de seus personagens na vida adulta, com toda a independência e as responsabilidades que ela proporciona.

O terceiro livro de Isabela Freitas da série “Não se apega, não”, trás os novos desafios e aventuras depois de sua mudança para São Paulo.

Rumo aos seus sonhos e sua independência financeira, ela se muda de sua cidade natal Juiz de Fora - MG. Deixando para trás sua família e amigos, para morar numa confortável quitinete na badalada Rua Augusta,tendo como vizinho seu, belo, melhor amigo Pedro Miller.Sempre com humor, ela encara os desafios de forma bem positiva, mesmo tendo os seus baixos. Trabalhando como colunista da revista “Zureta”, ela faz novas amizades com o Bruno e o senhor Bigodes, pessoas se tornam muito queridas por ela.

Animada por estar escrevendo o seu primeiro livro, ela vive uma amizade BEM COLORIDA com seu amigo Pedro Miller.

Mas diferente dos seus outros relacionamentos, Isabela não quer saber de “NAMORO”. Ela prefere não rotular as coisas. 

Ambos vivem de uma maneira intensa essa nova relação, mas sem admitir um pro outro o que realmente sentem, afinal são amigos e estão vivendo um relacionamento aberto. Nada demais na visão de ambos.
“Ah só os fortes podem amar! Amor não é coisa para covardes.E não sou covarde. Não mesmo. O que você está me olhando? Eu arrisco. Arrisco mesmo. Desafio o impossível. Sou tipo de uma vilã de filme de ação, só que uma vilã que chora de nervoso enquanto todo mundo briga. Ora, tenho medo de sangue, ok? E também odeio brigas. Que coisa mais baixa! Para que brigar?O que importa é que arrisco, sim. Não sei porque você está duvidando.”
Assim como Isabela, Pedro está em busca de seus sonhos. Está iniciando na carreira de cantor onde está fazendo um pouco de sucesso. Possui um fã clube, uma agenda cheia e com a ajuda de sua nova assessora Giu, está  caminhando rumo a horizontes maiores.Mas nem tudo são flores o tempo todo em nossas vidas, superar as dificuldades e seguir em frente nem sempre é fácil.

Isabela vê problemas na sua relação com Pedro Miller,  ignorar seu melhor amigo e fazer de conta que ele não existe, parece ser a melhor opção a ser tomada. O amado trabalho começa a ficar chato, quando a sua chefe faz de tudo para a derrubar. Sua família passa por uma perda terrível, e seu mundinho começa a ficar  pequeno ao seu redor.
“Todo mundo tem uma época da vida em que nada anda bem. Isso é mais do que normal. Problemas na família, na escola, no emprego, nas amizades, nos relacionamentos. O que for.Todo mundo se fecha em algum momento e fica ali, quietinho, magoado, esperando que tudo passe.”
Mas adoro as voltas que ela dá, a maneira de encarar os fatos e lutar pelo que se acredita, lutar por seus sonhos. O final é muito fofo, não esperava por menos e torço muito por uma continuação.

Adoro os livros da Isabela, pois traz suas experiencias de uma forma real, mas sempre com uma certa leveza. Me vejo em muitas dessas situações e me divirto muito com seus livros.Beijos, até a próxima.

Nenhum comentário