Só HOJE - Resenha


Esse romance aqueceu meu coração, Cinthia conseguiu me prender a cada página lida.

📖 Cadu é o típico bad boy, que vive sua vida apenas curtindo, até que em um determinado acontecimento tudo muda. Sua vida muda drasticamente e ele precisa lidar com isso.

📖 Se torna uma pessoa que desistiu da vida, por tudo que passou, pelo que tem que lidar ele se afasta de tudo e todos. Considerando isso o seu castigo.

📖 Mia é uma mulher estudiosa, que mora com sua melhor amiga e faz de tudo por essa amizade. Até que sua amiga tem que se mudar e irá para fora do país.

📖 O casal se conhece de forma bastante peculiar e marcante e o reencontro deles me deixou de queixo caído!

📖 Por ironia do destino, o presente de sua amiga se torna algo muito promissor. Após essa noite, tudo muda pra ela. Nunca mais será a mesma. As cenas bem descritas no livro, me deixaram realmente envolvida.

📖 O envolvimento entre Mia e Cadu sofre seus altos e baixos. Ele é um cara assombrado pelo passado e totalmente quebrado. Mia não consegue desistir dele, vê algo que nem ele é capaz de ver.

📖 Ambos não conseguem se afastar, vivem um dia de cada vez e tentam lidar com as adversidades. O casal tem despedidas dolorosas pra ambos. Momentos de tensão e de partir o coração.

📖 O que mais me deixou envolvida no livro foi a luta e amadurecimento dos personagens! Me vi ali, torcendo por eles, querendo ajudar.

📖 Amei a forma como a estória foi desenvolvida, sem deixar pontas soltas. Mesmo com todo mistério que os envolvia. Isso tornou a leitura mais empolgante. E como a autora nos mostrou como o destino pode ser um tanto cruel. Aquela sacudida de realidade e o choque da vida.

📖 O epílogo foi emocionante e deixou meu coração aquecido, esse livro trata de amor, superação, família, amizade e a nunca desistir das pessoas que amamos. .
📖 Essa leitura foi realmente maravilhosa. .

Autor: Cinthia Freire
Nº de páginas: 430
Editora: E-Book Amazon
Sinopse: Há seis anos eu tive um encontro com a morte e naquela noite fiz uma promessa.
Prometi que passaria a minha vida à sua espera, aguardando até que ela estivesse pronta para me buscar.

Mas o tempo passou sem que ela voltasse e tudo o que me restou foi a dor que me impede de dormir e por muitas vezes parece prestes a me sufocar.


Eu viveria assim, estava preparado para continuar sozinho a sua espera, se não fosse por um pequeno deslize, uma única brecha na escuridão que havia se tornado a minha existência. 


Era para ter sido apenas um momento, um sopro de ar em meus pulmões sufocados. Mas eu cometi um erro.


Eu me apaixonei por uma garota.
E agora, eu tenho medo que a morte volte, porque pela primeira vez desde aquela noite, eu não quero mais morrer

Nenhum comentário